sexta-feira, 22 de julho de 2011

Palmeiras comemora hoje 60 anos de título Mundial - É nóiss!!!

O primeiro campeão mundial!!! 
Palmeiras campeão (Foto: Reprodução)

Primeiro título Mundial da história do futebol comemora 60 anos neste 22 de julho.
O Palmeiras resgatou a honra e a dignidade do futebol brasileiro naquele 22 de julho de 1951. O Maracanã, abarrotado de torcedores, assistiu a primeira grande final de um Campeonato Mundial Interclubes. E os expectadores, emocionados, comemoram como nunca o título Mundial do Palmeiras. O empate diante da Juventus de Turim, em 2 a 2, deu ao Palmeiras (que nove anos atrás era Palestra Itália, e foi forçado para mudar de nome) o rótulo de melhor equipe do planeta.
Um ano antes, em 1950, o Brasil sucumbiu diante do Uruguai na final da Copa do Mundo. O Maracanã recebeu uma de suas maiores lotações para a partida e, no final, todos acabaram tristes com a derrocada. Os organizadores do futebol mundial, na época, ficaram bastante preocupados com o futuro do futebol brasileiro. Afinal, o baque de perder uma Copa, dentro de casa, para um dos maiores rivais, não seria tão fácil de digerir. Com isso, foi criado o primeiro Campeonato Mundial de Clubes.
Disputaram com a camisa palestrina os seguintes jogadores: goleiros Oberdan e Fábio Crippa, pelos zagueiros Salvador, José Sarno, Juvenal e Waldemar Fiúme, pelos meias Aquiles, Canhotinho, Dema, Jair da Rosa Pinto, Lima, Luiz Villa, Rodrigues, Richard e Túlio, e pelos atacantes Liminha e Ponce de Léon. O time era treinado por Ventura Cambon.
Na primeira fase, de grupos, o Palmeiras se classificou, enfrentando Olympique de Nice-FRA, Juventus-ITA e Estrela Vermelha-IUG. As duas melhores equipes estavam automaticamente na semifinal. A Juventus também se classificou e, posteriormente, eliminou o Áustria Viena, chegando à final.
Já o Palmeiras bateu o Vasco na primeira semifinal, por 2 a 1. Na segunda partida, empate em 0 a 0. Estava classificado para a final, enfrentando a temida equipe italiana.
Para averiguar o Campeão, foram disputadas duas partidas: uma em SP e outra no RJ. Em São Paulo, no Pacaembú, em 18 de julho daquele ano, o Verdão bateu a Juventus por 1 a 0. A vitória serviu para tirar a imagem da goleada sofrida na primeira fase, por 4 a 0, diante dos italianos.
No dia 22 de julho de 1951, a grande final aconteceu no Maracanã. Mais de 100 mil pessoas estavam presentes no estádio, acompanhando a partida. O empate por 2 a 2 deu ao Palmeiras o primeiro título Mundial da história. No retorno para São Paulo, mais de um milhão de pessoas receberam os jogadores pelas ruas, com gritos enlouquecidos de “Campeão do Mundo”.
Dentre tantas outras histórias que nosso clube protagonizou, a do Mundial de 1951 é a que mais continua emocionando torcedores palestrinos até os dias de hoje. O reconhecimento da Fifa, ainda não homologado, não faz diferença alguma para o torcedor: os fatos e as narrativas se encarregam de reconhecer o Palmeiras como Primeiro Campeão Mundial de todos os tempos.
Ficha técnica da Final:
22/7/1951 Juventus-ITA 2×2 Palmeiras
Estádio Maracanã 
Juiz: Gaby Tordjan
Renda: Cr$ 2.783.190,00
Gols: Praest, Karl Hansen (JUV); Rodrigues, Liminha (PAL)
Juventus: Viola, Bertucceli, Manente, Mari, Parola, Bizzoto, Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen, Praest.
Palmeiras: Fabio, Salvador, Juvenal, Tullio, Luiz Villa, Dema, Lima, Ponce de Leon (Canhotinho), Liminha, Jair Rosa Pinto, Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon
Elenco completo:
AQUILES
Nome Completo: Aquiles dos Reis
Posição: Atacante
CANHOTINHO
Nome Completo: Milton de Medeiros
Posição: Atacante
DEMA
Nome Completo: Ademar Lucazechi
Posição: Meio-Campo
FÁBIO
Nome Completo: Fábio Crippa
Posição: Goleiro
GÉRSIO
Nome Completo: Gérsio Passadore
Posição: Meio-Campo
INOCÊNCIO
Nome Completo: Antônio Inocêncio  Perissinoto
Posição: Goleiro
JAIR DA ROSA PINTO
Nome Completo: Jair da Rosa Pinto
Posição: Meia
JUVENAL
Nome Completo: Juvenal Amarijo
Posição: Zagueiro
LIMA
Nome Completo: Eduardo Jorge de Lima
Posição: Meia/Atacante
LIMINHA
Nome Completo: Oswaldo Lima Moreira
Posição: Atacante
LUIZ VILLA
Nome Completo: Atmio Luiz Villa
Posição: Meio-Campo
OBERDAN
Nome Completo: Oberdan Cattani
Posição: Goleiro
PALANTE
Nome Completo: Osvaldo Palante
Posição: Zagueiro
PONCE DE LEON
Nome completo: Norival Cabral Ponce de León
Posição: Meio-Campo e Centroavante
RICHARD
Nome Completo: Richard Petrocelli
Posição: Atacante
RODRIGUES
Nome Completo: Francisco Rodrigues
Posição: Atacante
SALVADOR
Nome Completo: Salvador Cardelli Filho
Posição: Zagueiro
SARNO
Nome Completo: Francisco José Sarno Matarazzo
Posição: Zagueiro
TÚLLIO
Nome Completo: Artur Affini
Posição: Meio-Campo
WALDEMAR FIÚME
Nome Completo: Waldemar Fiúme
Posição: Meio-Campo/Zagueiro/Atacante
VENTURA CAMBON
Treinador
A conquista foi tão importante que, nesta semana, foi lançada uma obra para celebrar o título: o livro "Palmeiras Campeão do Mundo 1951", escrito pelo jornalista e pesquisador Fernando Razzo Galuppo.
Em pé: Salvador, Dema, Tulio, Juvenal, Fabio e Luiz Vila. Agachados: Liminha, Ponce de Leon, Richard, Jair da Rosa Pinto e Rodrigues - Foto: Acervo Agência O Globo


-Confira nas tabelas abaixo, todos os resultados da competição que rendeu o primeiro título mundial a um clube brasileiro:

Fase de grupos

Resultados das partidas nos grupos do Mundial de 1951
Data
Grupo do RJ

Data
Grupo de SP
30/06
Á. Wien 4 x 0 Nacional
30/06
Palmeiras 3 x 0 Nice
01/07
Vasco 5 x 1 Sporting
01/07
Juventus 3 x 2 Estrela Vermelha
03/07
Nacional 3 x 2 Sporting
03/07
Juventus 3 x 2 Nice
05/07
Vasco 5 x 1 Áustria Wien
05/07
Palmeiras 2 x 1 Estrela Vermelha
07/07
Sporting 1 x 2 Á. Wien
07/07
Nice 2 x 1 Estrela Vermelha
08/07
Vasco 2 x 1 Nacional
08/07
Juventus 4 x 0 Palmeiras
Com os resultados da primeira fase, o Vasco da Gama se classificou em primeiro lugar do Grupo do Rio de Janeiro, com 6 pontos ganhos, tendo o Áustria Wien em segundo, com 4. No Grupo São Paulo, o primeiro lugar ficou pra Juventus de Turim, com 6 pontos, e o segundo lugar para o Palmeiras, com 4.



Semifinal

Data
Jogo

Data
Jogo
12/07
Juventus 3 x 3 Áustria Wien
12/07
Vasco 1 x 2 Palmeiras
14/07
Juventus 3 x 1 Áustria Wien
15/07
Vasco 0 x 0 Palmeiras
Com uma vitória e um empate cada, Palmeiras e Juventus de Turim foram para a final do torneio, disputada em dois jogos no Maracanã.
Taça Rio - Foto: Placar



Final

Data
Jogo
18/07
Palmeiras 1x0 Juventus
22/07
Palmeiras 2x2 Juventus
Na soma dos resultados, o Palmeiras sagrou-se campeão da Taça Rio, hoje considerado o Mundial Interclubes.



Ficha técnica dos times que jogaram as partidas finais:

1° Jogo - PALMEIRAS 1x0 JUVENTUS

Palmeiras: Fábio, Salvador, Juvenal, Túlio, Luiz Villa, Dema, Lima, Ponce de Leon, Liminha, Jair Rosa Pinto, Rodrigues - Téc.: Ventura Cambon

Juventus: G.Viola, A.Bertucelli, S.Manente, Mari, R.Ferrario, A.Piccinini (R.Bizzoto), E.Muccinelli, Karl Hansen, Bonipertti, John Hansen, K.H.Praest - Téc.: Carver

Gol: Rodrigues

2° Jogo - PALMEIRAS 2x2 JUVENTUS

Palmeiras: Fábio Crippa; Salvador, Juvenal, Túlio, Luiz Villa, Dema, Lima, Ponce de León (Canhotinho), Liminha, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. 
Téc. Ventura Cambon

Juventus: Viola, Bertucelli, Manente, Mari Jacomo, Parola, Bizzoto, Muccinelli, Karl Hansen, Bonipertti, John Hansen e Praest. 
Téc. Carver

Gols: Liminha e Rodrigues (Pal) e Praest e Bonipertti (Juve)



*Com informações do site www.campeoesdofutebol.com.br e da revista Placar (placar.abril.com.br)





2 comentários:

  1. Headbanger e Palmeirense23 de julho de 2011 16:23

    Aaahhh esse Verdão, tantas histórias para serem contadas sobre esse glorioso time da capital.
    Tenho 16 anos, não cheguei a ver o Palestra ser campeão brasileiro(ainda), mas ao ver a história e as conquistas desse clube, eu fico emocionado.
    Espero que um dia tenhamos uma Terceira Acadêmia, quero ver um um craque que tenha amor a camisa verde como o divino Ademir da Ghia teve durante a sua trajetória no clube.

    Enquanto ao Coringuinha e o São Bambi, blaarghhhh, puro marketing e modismo, as Sereias da Bica estão ganhando tudo, mas eu quero que eles explodam, o palmeirense torce pro Verdão por amor ou tradição, e não por modismo como os outros grandes!!!

    ResponderExcluir
  2. É nóisss!
    Ainda vamos dar a volta por cima, abraços!!!

    ResponderExcluir